Blog dos Poetas

Um Homem com uma Dor

de

um homem com uma dor
é muito mais elegante
caminha assim de lado
como se chegando atrasado
andasse mais adiante

carrega o peso da dor
como se portasse medalhas
uma coroa um milhão de dólares
ou coisa que os valha

ópios édens analgésicos
não me toquem nessa dor
ela é tudo que me sobra
sofrer, vai ser minha última obra

postado por em 05-03-2009
Compartilhar

6 Comentários para “Um Homem com uma Dor”


  1. Elisa Maria Gasparini Torres disse:

    hahahaha muito irreverente, né? Já imaginou, não ter nada, somente uma dor pra mostrar? Seria triste se o texto não fosse tão bem humorado!


  2. camila disse:

    Desde quando sofrer é obra?
    Dor não se compara com medalhas.

    De qquer forma, o blog é seu, a poesia é sua e vc tá arrasando… beijocas, amei sua visita, vc já está no meu favoritos again;


  3. Ediloy Antonio Carlos Ferraro disse:

    Leminski, em sua aparente bem humorada poesia, trata a dor como uma companheira, talvez inspiração de uma obra, pelo que o penar pode trazer incomodando e criando arte…


  4. Nanda Botelho disse:

    Alguém musicou esse poema!

    Realmente tem gente que porta a dor como se medalha fosse, é um prêmio, um consolo para sua incompetência em viver feliz!

    Gostei do Leminski!

    Abraços!


  5. A dor como uma coroa | Quintal Guanabara disse:

    […] dolorosa –  “O peso da dor como uma coroa” –  O raio X e o […]


  6. Lepracian disse:

    Toda dor tem seu charme…

Deixe Seu Comentário