Blog dos Poetas

Brasil!

de

Brasil! palavra mágica! Quem há
Que o não evoque, ouvindo-a? Mas quem é
Que não se abrasa de esperança e fé,
Ante esta voz que o sonho acordará?

Em – Brasil – há o sabor do cambucá,
Do caju, do ananás ou do café,
O cheiro dos jasmins no Sumaré,
Das mangas fulvas de Itamaracá!

Brasil! brasume irial, nome rubi!
Tão perfumado quanto o bacuri,
Quanto a gardênia do Caparaó!

Brasil! se és beijo, flor e fruto és tu!
Vergel que o ouro do sol transmuda em pó,
E onde canta ao luar o irapuru!

postado por em 06-09-2009
Compartilhar