Blog dos Poetas

Envelhecer

de

Na manhã da existência, ouvindo o peito,
que previa teu vulto no caminho,
dentro em minha alma levantei teu ninho,
e, nesse ninho, preparei teu leito.

Desceu a tarde, e ainda me viu sozinho.
Murcham as flores, que, de leve, ajeito;
de novas rosas tua colcha enfeito,
e o travesseiro, novamente, alinho.

Cai, tristonho, o crepúsculo, na estrada.
Alongo os olhos, atirando um beijo
à forma vaga do teu corpo… E nada!

Recomponho as palavras que não disse.
E, apagando a candeia do Desejo,
adormeço na noite da Velhice.

postado por em 12-04-2009
Compartilhar

8 Comentários para “Envelhecer”


  1. Ediloy Antonio Carlos Ferraro disse:

    …o poeta nos descerra a sua mais triste melancolia, com imagens marcantes, palavras não ditas, esperas inúteis, cogitações íntimas de esperanças e…de esperas! Uma poesia que nos traz, contagiante, a noção de tempo perdido, de vãos e alentados sonhos, num ambiente propício onde, em sua dor, retira fundos sentimentos e nos mostra a beleza extraída de seus condoídos insucessos…


  2. Elvis disse:

    Muito bom. Parabéns pelo site, sempre leio as atualizações, continue sempre colocando mais e mais poemas…


  3. isabel horta disse:

    Ederson: gostei demais do tema e da poesia. Achei curioso, você que está ainda na casa dos vinte ser tão sensível à velhice. A isto chamo poesia.
    Tive certa vez uma impressão a respeito, ainda jovem. Escrevi então, Velhice.
    Se quiser, está em meu blog:
    http://www.isabeloh.blogspot.com.br


  4. Leda F Ferreira disse:

    Só queria deixar aquí consignado que não farei comentários específicos e nem literários para os poetas e sim, com muita emoção, que encontrei pessoas com sensibilidade e despreendimento do mundo que nos rodeia. A poesia é a conversa dos céus para conosco.
    Parabéns e tenham certeza, serei assídua e se puder colaborar, contem comigo para enviar poesias digitadas. Não entendo de informática mas sei digitar e adoro poesias!
    att
    [email protected]
    SP-26 de abril de 2009-19h20


  5. deusaii disse:

    fantástico… lindo… poético… mágico


  6. Úrsula Maia disse:

    Belíissima poesia de um autor admirável !
    Abraços a todos.


  7. tereza de fatima disse:

    Hoje aos meus 60 anos continuo apaixonada
    por humberto de Campos apredi a ama-lo
    as 13 anos e nunca mais nos separamos.

    abraço a todos.


  8. wilson rodrigues ramos disse:

    Minha qurida Leda adorei a poesia tanto quanto te encontrar estou muito feliz bjus bjus

Deixe Seu Comentário