Blog dos Poetas

Criança

de

Cabecinha boa de menino triste,
de menino triste que sofre sozinho,
que sozinho sofre, – e resiste,

Cabecinha boa de menino ausente,
que de sofrer tanto se fez pensativo,
e não sabe mais o que sente…

Cabecinha boa de menino mudo
que não teve nada, que não pediu nada,
pelo medo de perder tudo.

Cabecinha boa de menino santo
que do alto se inclina sobre a água do mundo
para mirar seu desencanto.

Para ver passar numa onda lenta e fria
a estrela perdida da felicidade
que soube que não possuiria.

postado por em 19-10-2012
Compartilhar

4 Comentários para “Criança”


  1. EDILOY A C FERRARO disse:

    Cecília sempre nos brinda com suas palavras em metáfora de grandes significados, não são diferentes nestes versos lindos…


  2. Antônio José disse:

    Felizmente no Brasil, há o amor é exalado pela pela e isto não deixa a poesia morrer. Mas o poeta gosta de expressar seus sentimentos íntimos e jogar ao vento para fecundar os corações. Meu modo de escrever, é simples e gostaria que você e outros poetas conferissem meu primeiro livro.
    http://www.perse.com.br/novoprojetoperse/WF2_BookDetails.aspx?filesFolder=N1350397477114
    Dê-me esta honra.


  3. lara disse:

    adoro poesia esse site muda a vida toca meu coração


  4. maria nicole disse:

    eu amo poesia

Deixe Seu Comentário