Blog dos Poetas

Atitude

de

Minha esperança perdeu seu nome…
Fechei meu sonho, para chamá-la.
A tristeza transfigurou-me
como o luar que entra numa sala.

O último passo do destino
parará sem forma funesta,
e a noite oscilará como um dourado sino
derramando flores de festa.

Meus olhos estarão sobre espelhos, pensando
nos caminhos que existem dentro das coisas transparentes.

E um campo de estrelas irá brotando
atrás das lembranças ardentes.

postado por em 09-10-2007
Compartilhar

1 Comentário para “Atitude”


  1. Suênia disse:

    Sempre gostei das obras de Cecília Meireles e fiquei feliz em ver um blog bem estruturado sobre o tema, identifico-me muito com a poesia dela, pois seus versos transparecem o que existe de mais profundo em mim. Às vezes tento escrever algo, mas paro no tempo porque sinto que boa parte do que quero expressar já foi dito por ela… não apenas leio seus poemas, mas também sou lida por eles… Parabéns!!

Deixe Seu Comentário