Blog dos Poetas

Poema que Aconteceu

de

Nenhum desejo neste domingo
nenhum problema nesta vida
o mundo parou de repente
os homens ficaram calados
domingo sem fim nem começo.

A mão que escreve este poema
não sabe o que está escrevendo
mas é possível que se soubesse
nem ligasse.

postado por em 11-02-2007
Compartilhar

1 Comentário para “Poema que Aconteceu”


  1. ßorbolet@ @zul disse:

    Confronto

    Bateu Amor à porta da Loucura.
    “Deixa-me entrar – pediu – sou teu irmão.
    Só tu me limparás da lama escura
    a que me conduziu minha paixão.”

    A Loucura desdenha recebê-lo,
    sabendo quanto Amor vive de engano,
    mas estarrece de surpresa ao vê-lo,
    de humano que era, assim tão inumano.

    E exclama: “Entra correndo, o pouso é teu.
    Mais que ninguém mereces habitar
    minha casa infernal, feita de breu,

    enquanto me retiro, sem destino,
    pois não sei de mais triste desatino
    que este mal sem perdão, o mal de amar.”

    [Carlos Drummond de Andrade]

Deixe Seu Comentário