Blog dos Poetas

Poema À Boca Fechada

de

Não direi:
Que o silêncio me sufoca e amordaça.
Calado estou, calado ficarei,
Pois que a língua que falo é de outra raça.

Palavras consumidas se acumulam,
Se represam, cisterna de águas mortas,
Ácidas mágoas em limos transformadas,
Vaza de fundo em que há raízes tortas.

Não direi:
Que nem sequer o esforço de as dizer merecem,
Palavras que não digam quanto sei
Neste retiro em que me não conhecem.

Nem só lodos se arrastam, nem só lamas,
Nem só animais bóiam, mortos, medos,
Túrgidos frutos em cachos se entrelaçam
No negro poço de onde sobem dedos.

Só direi,
Crispadamente recolhido e mudo,
Que quem se cala quando me calei
Não poderá morrer sem dizer tudo.

postado por em 06-09-2004
Compartilhar

5 Comentários para “Poema À Boca Fechada”


  1. felipa disse:

    José Saramago faz-me muita pena. Eu tenho dó dele. Ele lançou esta semana um novo livro, intitulado Caim, e diz que nele mostra a verdadeira face do Deus da Biblía: um Deus vingativo, invejoso e má pessoa. Diz que Deus nao existe, o que existe é apenas a personagem de um livro. Eu tenho dó dele, porque apesar de ter lido a Biblia (diz ele) nao conseguiu encontrar Deus. É realmente digno de pena, pois é um óptimo escritor. Acho que devemos rezar por ele, para que Jesus lhe diga como ao apóstolo Paulo: “Saulo, Saulo, por que me persegues?”
    Esse poema aí em cima é lindo, gostei muito. De uma certa maneira é profético, pois relata mais ou menos o que se tem passado esta semana com o lançamento do seu livro. Eu vou rezar por ele.


  2. Alexandra disse:

    Penso que este tipo de comentários, não merece qualquer comentário…
    Saramago é um dos melhores escritores da actualidade, e este poema é simplesmente deslumbrante.


  3. Felipa disse:

    Em que parte do comentário que fiz em cima eu neguei ou afirmei que José Saramago não é um bom escritor?!
    Simplesmente sinto pena dele e rezo por ele pela dificuldade que tem em encontrar e aceitar o Deus que tanto persegue…


  4. Felipa disse:

    Aliás, já publiquei este poema num dos meus blogues e num fórum de que faço parte…


  5. Leny Coutollenc disse:

    Hoje, nos deixa um dos maiores escritores da literatura , José Saramago. Sempre estará presente em nossas leituras, em nossas vidas. Não é só apenas os poemas dele que são deslumbrantes, ele também foi e será deslumbrante. José Saramago, homem de opnião própria e pensamento único. Fazerá falta. Descanse em paz e que Deus ilumine sua alma.

Deixe Seu Comentário