Blog dos Poetas

Bem no Fundo

de

No fundo, no fundo,
bem lá no fundo,
a gente gostaria
de ver nossos problemas
resolvidos por decreto

a partir desta data,
aquela mágoa sem remédio
é considerada nula
e sobre ela — silêncio perpétuo

extinto por lei todo o remorso,
maldito seja que olhas pra trás,
lá pra trás não há nada,
e nada mais

mas problemas não se resolvem,
problemas têm família grande,
e aos domingos saem todos a passear
o problema, sua senhora
e outros pequenos probleminhas.

postado por em 05-02-2009
Compartilhar

4 Comentários para “Bem no Fundo”


  1. Vanessa disse:

    Leminski é genial.
    Adoro esse blog.
    Bjs


  2. Elisa Maria Gasparini Torres disse:

    Definitivamente Leminski fala tudo! É isso mesmo, um problema acaba, outro começa, e todas acordam conosco qdo despertamos! Adoro esse poeta!


  3. Ediloy Antonio Carlos Ferraro disse:

    …Que abordagem agradável, algo hilária, para retratar algo tão profundo, nossas idissioncrasias e suscetibilidades, nossas questões d’alma não solucionadas, não resolvidas…feliz o retrato exposto nestes versos, de forma simples, algo tão sutil e marcante como nossas feridas e mágoas…


  4. hislania disse:

    hilario adoro ler poemas, poesias é vou continuar lendo….. adorei….mim fais refletir sobre a vida.

Deixe Seu Comentário