Blog dos Poetas

Ausência

de

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

postado por em 19-07-2007
Compartilhar

5 Comentários para “Ausência”


  1. Joyce disse:

    Olá Fábio.

    Adorei seus poemas. Parabéns pela escolha !!!

    Abraços


  2. ROSELI CARVALHO disse:

    Ola´.

    Gostei, de ler este poena pois estou passando um nomento de confrito,mas pude enteder que a ausência è um grande aprendizado.


  3. JULIANA disse:

    LInnnnnnnnddddoooo???? Nao.
    Perfeito
    Diz muit mais do que eu mesma poderia dizer ao tentar expressar essa ausencia assmilada em mim!!!!!!!!!!!!!


  4. almira disse:

    achei o site maravilhoso realmente as vezes a ausencia é a melhor companheira!


  5. Veronica Dantas disse:

    Ausência sua em mim não é falta, te assimilei amor, e ninguém te tira mais de mim..

Deixe Seu Comentário