Blog dos Poetas

Você Não Me Ensinou a Te Esquecer

de

Não vejo mais você faz tanto tempo
Que vontade que eu sinto
De olhar em seus olhos, ganhar seus abraços,
É verdade eu não minto,

E nesse desespero em que me vejo
Já cheguei a tal ponto
De me trocar diversas vezes por você
Só pra ver se te encontro

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde
Nunca mais perdê-la

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando te encontrar

Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou e me atirou
E me deixou aqui sozinho

postado por em 05-03-2004
Compartilhar

13 Comentários para “Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”


  1. Inês disse:

    Oi Thiago, gostei mto do seu blog, mas queria fazer uma pequena observação: a letra de Você Não Me Ensinou a Te Esquecer, não é de Caetano Veloso, e sim de Fernando Mendes que tb a gravou nos finais dos anos 70. [http://www.fernandomendes.com/materias/
    oglobo.html].

    Abs,


  2. adevaldo disse:

    Você Não Me Ensinou a Te Esquecer, não é de Caetano Veloso, e sim de “Fernando Mendes”


  3. joão paulo firmino disse:

    oi meu colega Thiago beleza? pois eu gosto muito de poisias e admiro todos os poetas modernistas, principalmente Olavó Bilac, Raimudo Correia e Alberto de Oliveira que são os poetas parnasianos. chal parabens pelo blog dos poetas. a proveito o escejo e deixo meu email pra amizades tenho 19 anos. jpfbvc@hotmail.com


  4. Erick disse:

    o blog está muito bom e venho dedicando algum tempo a leituras por aqui. porém estou muito chateado por algumas presenças “desnecessárias” frente a outras necessárias. cadê Patativa do Assaré? cadê Padre Antônio Tomás, Juvenal Galeno, Joaquim de Sousa? 🙁

    ps: Movimento Mais Cearenses Já!!! ^^


  5. Ediloy Antonio Carlos Ferraro disse:

    O mérito do Caetano, neste caso, foi de trazer à lume, para um “outro público” versos de Fernando Mendes, notadamente compositor popular, que talvez passassem despercebidos por puro preconceito… estes versos bem construídos, lindos, enaltecem o autor e nos brinda com a sua sensibilidade poética…

    Caetano tem este mérito, não apenas nesta situação, mas quebrou outros tabus, gravando Roberto e Erasmo, Peninha e outros…

    Nestes versos, que me encantam: “…amores vêm e vão, são aves de verão, se tens que me deixar que sejas então feliz…” gravados por Maria Bethânia, são tidos como primorosos, contudo, o seu autor e intérprete original é visto com descaso por pertencer a “outro público”, seu nome: Zezé de Camargo.

    Uma mensagem vale por si, independe de tortuosos exercícios e malabarismos estéticos, que, por vezes, se perde esquecendo a essência…


  6. Ediloy Antonio Carlos Ferraro disse:

    Neste caso, o mérito do Caetano não é o da autoria, mas de trazer à lume estes versos bem construídos e poéticos, que talvez, por preconceito, poderiam não ter sido percebidos em outros ambientes, sempre tão preconceituosos com a cultura nitidamente popular…

    Fernando Mendes demonstra uma habilidade/sensibilidade ímpares ao tecer sua poesia, aliados à melodia que parece brotar já na sua escrita…parabéns, Caetano, por quebrar mais um tabu, e ao poeta-compositor pela concepção tão bela…

    outros versos que me encantam, mas que torcem os narizes por ser de um cantor de músicas sertanejas..” amores vêm e vão, são aves de verão, se tens que me deixar, que sejas então feliz…não aprendi dizer adeus, mas deixo você ir sem lágrimas no olhar…” Pois é, na voz da Betânia é saudado como um primor, mas na do autor, Zezé de Camargo, é escracho, dá para entender ?


  7. claudia quaresma disse:

    …e agora ,que faço eu da vida sem voçê? Caetano é único.


  8. Marília Gabriella Duarte disse:

    LETRA FEITA. *———–*
    Você não me ensinou a te esquecer
    Você só me ensinou a te querer.


  9. Edson Vasconcelos disse:

    Muito bom o blog. Procurei quem era o compositor do tema do filma “Lisbela e o prisioneiro” e só aqui encontrei.


  10. Daiana Cristine disse:

    muito linda essa letra, mais quem compoes ela ? “Caetano Veloso” ou “Fernado Mendes”


  11. Daiana Cristine disse:

    Pow preocurei um blog que me enteressace e eu acheii ‘


  12. Roberta disse:

    Oi Thiago! Gostei do seu blog e das postagens!
    Gostaria de convidá-lo a visitar o Mundo dos Eus, e escolher um artigo e comentar, ok!
    http://www.omundodoseus.blogspot.com
    Abraço e bom final de semana!
    Roberta


  13. wanderli carvalho disse:

    Gente,gostaria de fazer um esclarecimento,a música não é de caetano e nem de fernando mendes.Uma pena que seu real autor tenha sido tão desconhecido…Já falecido,conhecido em Bangu como Celso ,tive o prazer de conhecer sua filha Morgana e a história lindíssima dessa música…celso já se foi ,mas deixou sua obra imortal.

Deixe Seu Comentário