Blog dos Poetas

Veneno e Contraveneno

de

A palavra, o veneno
O verso, a armadilha
O poeta, a presa
O livro, a jaula
O leitor, a isca

O Veneno, sorvido, é vício
O livro, lido, existe
O Leitor, lendo, se torna livro

postado por em 12-03-2003
Compartilhar

1 Comentário para “Veneno e Contraveneno”


  1. Célia disse:

    Sem dúvida!!! Muuuuuito bom mesmo!
    (Boa também a recepção “Blog dos poeta, pois não?” hehehe) Um abraço, amigo! Tenha um bom dia!

Deixe Seu Comentário