Blog dos Poetas

Um céu numa flor silvestre

de

Conhece-se a beleza dádiva dos deuses por aquilo que
ela produz na alma dos homens.
Quem é possuído por ela entra em êxtase:
cessa o riso, cessa o choro, o pensamento pára,
a fala emudece.
É mística.
A alma está tomada pela felicidade
da tranqüilidade absoluta.
Era assim que se sentia o Criador ao contemplar,
ao final de cada dia de trabalho,
o resultado da sua obra:
“Está muito bom!
Do jeito que deveria ser!
Nada há de ser modificado!
Amém!”

(Um céu numa flor silvestre, do Quarto de Badulaques)

Site do autor

 

postado por em 05-07-2008
Compartilhar

7 Comentários para “Um céu numa flor silvestre”


  1. Dois Rios disse:

    “Está muito bom!
    Do jeito que deveria ser!
    Nada há de ser modificado!
    Amém!”
    O que mais dizer?
    Só nos resta que o desejo do Criador se concretize.
    Bejios,


  2. claudia quaresma disse:

    Rubem Alves é um poeta maravilhoso,nos encanta com seus encantos…


  3. viviane disse:

    socorro
    eu presiso de poemas de rubens alvez e o unico q eu achei até agora foi esse e eu preciso de 4!


  4. ellen disse:

    o poema e muito 10 !!!!!!!!!!!!!!!


  5. Rodrigo disse:

    Viviane, Rubem Alves, na verdade, não é poeta. Ele mesmo se define como não sendo um. Seus escritos derramam poesia, mas poesia mesmo, acho difícil você encontrar.


  6. veronica disse:

    Adoro tudo que ele escreve.Inteligente,culto,espirituoso.Quanto mais o tempo passa melhor ele fica.


  7. rosana disse:

    Estou encantada com tudo que eu li.
    Fico imaginando na minha cabeça,de onde sai tanta beleza,graças a deus existe pessoa como rubens alves.
    Rosana.

Deixe Seu Comentário