Blog dos Poetas

Trindade

de

A vida é uma planta misteriosa
Cheia d’espinhos, negra de amarguras
Onde só abrem duas flores puras –
Poesia e amor…

E a mulher… é a nota suspirosa
Que treme d’alma a corda estremecida,
É fada que nos leva além da vida
Pálidos de langor!

A poesia é a luz da mocidade,
O amor é o poema dos sentidos,
A febre dos momentos não dormidos
E o sonhar da ventura…

Voltai, sonhos de amor e de saudade!
Quero ainda sentir arder-me o sangue,
Os olhos turvos, o meu peito langue,
E morrer de ternura!

postado por em 31-01-2012
Compartilhar

8 Comentários para “Trindade”


  1. EDILOY A C FERRARO disse:

    Pungente em demasia, o poeta romântico versejar sua verve em metáforas sentidas e num toque de tragédia…


  2. Maria Clara disse:

    Adoro poesia…
    entre no meu blog e la tem poesias, contos… autorais.. meus e do leonardo…


  3. Maria Clara disse:

    Ah os melhores poemas estão por aqui…
    visite tb o meu blog
    http://www.insulisdilectio.blogspot.com


  4. Henrique Romero disse:

    Escreve muito bem!


  5. carla disse:

    E quem escreve assim só pode mesmo ser Poeta,Parabéns! Iniciei um novo blog se quiseres entra e comenta ,obrigada
    Carla Granja


  6. Lu disse:

    entrem no meu blog http://hojeconteiparaasparedes.blogspot.com.br/


  7. nath disse:

    gostaria de ler poemas em um blog,mas que fossem pemas do blogueiro.


  8. Jéssica Stéfanie disse:

    Muito bonita a poesia o amor realmente é o poema dos sentidos somente quem ama sabe o sentido que o amor tem.

Deixe Seu Comentário