Blog dos Poetas

Teus Olhos

de

Olhos do meu Amor! Infantes loiros
Que trazem os meus presos, endoidados!
Neles deixei, um dia, os meus tesoiros:
Meus anéis, minhas rendas, meus brocados.

Neles ficaram meus palácios moiros,
Meus carros de combate, destroçados,
Os meus diamantes, todos os meus oiros
Que trouxe d’Além-Mundos ignorados!

Olhos do meu Amor! Fontes… cisternas…
Enigmáticas campas medievais…
Jardins de Espanha… catedrais eternas…

Berço vindo do Céu à minha porta…
Ó meu leito de núpcias irreais!…
Meu sumptuoso túmulo de morta!…

postado por em 30-01-2011
Compartilhar

9 Comentários para “Teus Olhos”


  1. Carla disse:

    Lindo blog, parabéns.


  2. kristian dias disse:

    oi, muito bom o poema, mais quero uma ajudinha, divulga o meu blog que tambem retrata meu modo de pensar, meus poemas,
    http://kristiandias.blogspot.com/
    parceria!Até logo.


  3. Maria disse:

    Nossa adoro poemas, vou seguir os seus posts, adorei!


  4. Cacau Braga disse:

    Florbela Espanca é sempre lindíssimo!


  5. Yashmim Matos e Andrezza Gontijo disse:

    O poema retrata de modo cativante um amor. O texto de certo modo aparenta(no inicio) uma paixão antiga. Com o decorrer do poema percebemos que o eu lírico de algum modo perdeu alguém que ele realmente amava.

    Alunas do I.Educacional Emmanuel 8º ano “C” turma de 2011.


  6. Isabella disse:

    Esse poema retrata que o autor perdeu alguém que ele amava muito e deixou todo o seu amor pra essa pessoa. A pessoa morreu e deixou muitas saudades.


  7. marcelo ayres disse:

    o nome desta musa da poesia,ja e um póema sem sombra de dulvidas, florbela espanca,a senhora da dor de amar!


  8. Marilene Duarte disse:

    Estava conhecendo os blogs que contêm poemas e cheguei aqui.
    Adorei!
    Aliás, na apresentação do meu (comecei agora e estou ainda aprendendo a nadar nesse universo), uso um poema de Florbela Espanca, por quem tenho grande admiração.
    Se tiver um tempinho e quiser me visitar, será um grande prazer.
    Marilene


  9. Maria AparecidaBecker sander disse:

    Gasto muito dos poemas de Florbela Espanca. São muito inspirados e têm um profundo amor. Gostaria que fosse divuldado meu blog: http://cidabecker.blogspot.com. Se possível postar algum por este blog seria muito bom e eu agradeceria muito.

Deixe Seu Comentário