Blog dos Poetas

Solidão

de

Desesperança das desesperanças…
Última e triste luz de uma alma em treva…
– A vida é um sonho vão que a vida leva
Cheio de dores tristemente mansas.

– É mais belo o fulgor do céu que neva
Que os esplendores fortes das bonanças
Mais humano é o desejo que nos ceva
Que as gargalhadas claras das crianças.

Eu sigo o meu caminho incompreendido
Sem crença e sem amor, como um perdido
Na certeza cruel que nada importa.

Às vezes vem cantando um passarinho
Mas passa. E eu vou seguindo o meu caminho
Na tristeza sem fim de uma alma morta.

postado por em 04-05-2008
Compartilhar

4 Comentários para “Solidão”


  1. joão paulo firmino disse:

    oi edersom parabens pelo blog va em frente que vc chega lá ok tambem gosto de poesias, ai vai meu email pra amizades: [email protected] chau


  2. Jose Balbino de Oliveira disse:

    Caro amigo,
    Belissimo o conteudo do blog.
    Variado, e com belas escolhas.
    Vai em frente,
    Balbino


  3. carolina andressa de avila disse:

    o autor fala sobre a solidao das pessoas o que elas semten e passam, fala tambem sobre o carinho ea tristeza


  4. Tobas Hugu da silva sauro disse:

    o autor fala sobre a solidao das pessoas o que elas semten e passam, fala tambem sobre o carinho ea tristezal.

Deixe Seu Comentário