Blog dos Poetas

Olha-me rindo uma criança

de

Olha-me rindo uma criança
E na minha alma madruga.
Tenho razão, tenho esperança
Tenho o que nunca me basta.

Bem sei. Tudo isto é um sorriso
Que é nem sequer sorriso meu.
Mas para meu não o preciso
Basta ser de quem mo deu.

Breve momento em que um olhar
Sorriu ao certo para mim…
És a memória de um lugar,
Onde já fui feliz assim.

Fonte: Fernando Pessoa

postado por em 26-07-2008
Compartilhar

5 Comentários para “Olha-me rindo uma criança”


  1. Dois Rios disse:

    “És a memória de um lugar
    Oonde já fui feliz assim.”

    Esses versos de Pessoa me fizeram lembrar de um pensamento de Cesare Pavese que diz:
    “O lugar mais insuportável é aquele onde se foi feliz.”

    E é verdade. Eu já pude comprovar.

    Beijos,

    p.s. falta pouquinho para acabarem as férias, né? tomara que vc esteja aproveitando bastante.


  2. Adriano disse:

    Esse poema saiu me hoje num teste. Alguem me poderia ajudar e fazer uma pequena analise dele para poder saber se o interpretei bem?


  3. simone vitoriano disse:

    concordo com o amigo eu tbm ja comprovei esse acontecimento de fato e mal muito mal voltar em um lugar q se foi feliz rsrsrs valeu


  4. Ediloy Antonio Carlos Ferraro disse:

    …o poeta se vale de um momento, de um sorriso, para se lembrar de outro(momentos ou lugar), onde fora feliz, são memórias que despertam motivadas por motivos diversos, como o aroma de uma fruta nos transporta para outros lugares…neste caso o sorriso de uma criança…belas reflexões nos traz ele neste poema…


  5. Maria, Raissa e Gabriela disse:

    Amei o poema, mostra muito bem o que uma criança passa para a pessoa que a observa, mostra que um sorriso pode transmitir a lembrança de lugares felizes, harmoniozos… EU SIMPLESMENTE AMEI!

Deixe Seu Comentário