Blog dos Poetas

O Rito Humano

de

Pelas curvas da tarde vem surgindo
A inefável palavra Agnus Dei.
Ouço balidos pelo mundo inteiro:
Matam o cordeiro branco redentor.

As armas do futuro desenhadas
Vejo no espaço, túmulos abertos:
Os balidos rebentam das gargantas
Até dos que inda estão para nascer.

De variadas maneiras matam o homem.
Matam a pureza, a paz, a liberdade,
Pelo cutelo, a bomba, a guilhotina,

Pelo silêncio, a fome, a solidão.
Fecha o leque de plumas o Oriente,
Abre o Ocidente o tanque de terror.

postado por em 11-09-2011
Compartilhar

1 Comentário para “O Rito Humano”


  1. Rubem Dutra disse:

    gostei muito! assuntos variados e atualizados.parabens.

Deixe Seu Comentário