Blog dos Poetas

O Primeiro Dente

de

A mamãe bate palmas de contente,
Do papai rejubila a alma festiva;
Cantam risos pelo ar… Que é que motiva
Essa emoção que alegra toda gente?

É que, abrindo a boquinha, sorridente,
Bebê, no róseo alvéolo da gengiva,
Deixou ver a promessa, a perspectiva,
O breve ensaio do primeiro dente.

Agora, a acompanhar-lhe o crescimento,
Dia a dia a mamãe enternecida
Terá para o dentinho o olhar atento.

Outro virá depois… outro em seguida…
E ei-lo, o Bebê, com o sólido instrumento
Com que no mundo se defende a vida!

postado por em 08-05-2015
Compartilhar