Blog dos Poetas

Não sei quantas almas tenho

de

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,

Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo : “Fui eu ?”
Deus sabe, porque o escreveu.

postado por em 29-12-2005
Compartilhar

2 Comentários para “Não sei quantas almas tenho”


  1. amanda disse:

    tenho lindos poemas.
    PRIMEIRO POEMA.
    A LUZ DA VELA.
    não existe escuridão no planeta TERRA que possa a pagar a luz de uma vela.a vela do AMOR,da AMIZADE,da ESPERANÇA…
    SEGUNDO POEMA.
    AMIZADE.
    cada amigo que colhemos no jardim da vida tem sua essência,alguns e mais concentrado,outros mais equilibrados e outros ainda tão suave que somenta com a alma podemos senti-la.
    TERCEIRO POEMA.
    PALAVRAS AO VENTO.
    ando por ai querendo te encontrar em cada esquina paro em cada olhar… deixo a tristeza sai e deixo a esperança entra em seu lugar…que nosso amor pra sempre viva. minha vida quero poder jurar que essa paixão jamais será palavras,apenas palavras…
    QUARTO POEMA.
    AMIGO.
    AMIGOS são como anjos que nós levamtam nas pontas dos pés quando nossas asas te, problemas nos lembrando como voltar a voar.


  2. amanda disse:

    poemas.
    a paz.
    paz é uma esperança que deus nós deu.

Deixe Seu Comentário