Blog dos Poetas

Mudam-se os Tempos

de

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o Mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.

postado por em 05-06-2008
Compartilhar

7 Comentários para “Mudam-se os Tempos”


  1. gabriela disse:

    Adoreii o Poõoemaa


  2. Ediloy Antonio Carlos Ferraro disse:

    Luis de Camões, poeta português memóravel, nos oferece em versos uma realidade sempre atual… as dores humanas são perenes, transcendem o tempo. Ele nos narra mudanças externas, em novidades nos costumes, intercaladas com mutações íntimas humanizando cenários em lindo e reflexivo discorrer…


  3. Cristina Gomes disse:

    O poema Mudam-se os tempos nos leva e reflexão de que tudo modifica que temos que acompanhar as mudanças, crescer a cada mudança os desafios surgem para mudarmos pensamos e formas de pensar a cada dia.


  4. Marisa Ramos disse:

    Este poema é fabuloso pelo facto de retratar as mudanças que ocorrem na nossa vida,pois Camões nos seus poemas descreve e transmite-nos o que é a realidade.Pois,nós temos que conseguir ultrapassar todas as etapas que surgem na vida.E se for para mudar que seja para melhor!


  5. Lucimara Mendes disse:

    Amo Luís de Camões….
    Lindo Soneto….


  6. fabricio alves disse:

    PARA MIM, O MAIOR DENTRE TODOS OS SONETISTAS. CLARO QUE HEREDIA E GAULTIER SÃO MARAVILHOSOS, MAIS CAMÕES É MUITO MAIS QUE MARAVILHOSO!


  7. lauriana disse:

    quanto tempo passara para saber que tu las ta eu nao veijo eu coompreendo porque tu es a lua e o amor
    xD lua nova
    o filme ta um espectaculo

Deixe Seu Comentário