Blog dos Poetas

Mater Nutrix

de

Mãe, ao teu filho dá teu farto seio!
Com o teu leite é a tua alma que lhe dás!
Seja, Mãe, teu orgulho e teu enleio
Dar-lhe o pão que em ti própria amassarás!

Não lhe sabe tão bem o leite alheio
Que em suas gotas sangue alheio traz.
– Linfa que escorre do materno veio,
Só teu leite o teu filho satisfaz!

Tiveste a glória da Maternidade,
Prêmio, bênção divina do Senhor!
Sê Mãe em toda a pompa e majestade!

Como a planta dá seiva à própria flor,
Sê a “ama” do teu filho que, em verdade,
“Ama” é do verbo amar… provém de “Amor”.

postado por em 19-12-2010
Compartilhar