Blog dos Poetas

Ísis

de

E diz-me a desconhecida:
“Mais depressa! Mais depressa!
Que eu vou te levar a vida!…

Finaliza! Recomeça!
Transpõe glórias e pecados!…”
Eu não sei que voz seja essa

Nos meus ouvidos magoados:
Mas guardo a angústia e a certeza
De ter os dias contados…

Rolo, assim, na correnteza
Da sorte que se acelera,
Entre margens de tristeza,

Sem palácios de quimera,
Sem paisagens de ventura,
Sem nada de primavera…

Lá vou, pela noite escura,
Pela noite de segredo,
Como um rio de loucura…

Tudo em volta sente medo…
E eu passo desiludida,
Porque sei que morro cedo…

Lá me vou, sem despedida…
Às vezes, quem vai, regressa…
E diz-me a Desconhecida:

“Mais depressa! Mais depressa!…”

postado por em 15-03-2009
Compartilhar

3 Comentários para “Ísis”


  1. Tathiane Galdino disse:

    Olá Ederson,

    Adorei o seu blog de poemas… E o seu bom gosto de gostar de Cecília Meireles. Assim que puder visite também o meu blog:www.festadepoemas.bogspot.com

    Um abraço!

    Tathiane Galdino


  2. clodomir monteiro disse:

    Grande contribiuição deste blog,
    TOMARA QUE OUTROS MAIS APAREÇAM E QUE ESTE DURE PARA SEMPRE

    Clodomir Monteiro
    escritor


  3. Isis disse:

    ola! adorei o poema ate porque sou uma Isis tambem.

Deixe Seu Comentário