Blog dos Poetas

Eu Cantarei de Amor Tão Docemente

de

Eu cantarei de amor tão docemente,
Por uns termos em si tão concertados,
Que dois mil acidentes namorados
Faça sentir ao peito que não sente.

Farei que amor a todos avivente,
Pintando mil segredos delicados,
Brandas iras, suspiros magoados,
Temerosa ousadia e pena ausente.

Também, Senhora, do desprezo honesto
De vossa vista branda e rigorosa,
Contentar-me-ei dizendo a menor parte.

Porém, pera cantar de vosso gesto
A composição alta e milagrosa
Aqui falta saber, engenho e arte.

postado por em 13-07-2003
Compartilhar

3 Comentários para “Eu Cantarei de Amor Tão Docemente”


  1. Mariii disse:

    Li num livro de literatura e adorei. Camões deixa, em parte, aquele estilo trovadoresco e passa a escrever de forma mas livre de padrões de escolas literáreas. Digo ‘em parte’ por que ainda se nota a presença de trechos que lembram as cantigas de amor.


  2. luana disse:

    Eu adorei mesmo esse poema,me ajudou muito no meu trabalho.
    acradesso a quem coloco ele aqui
    obrigado!!


  3. Amanda disse:

    Voce poderia colocar uma Análise literaria no site, pois tem muito pouco conteúdo e isso faz o seu site ficar desinteressante. Também com a melhora poderá atrair mais pessoas á lerem seu blog. Além do mais, o que as pessoas querem é informaçao, invista mais em pesquisas. Portanto, informaçao é necessario para qualquer blog. beijos

Deixe Seu Comentário