Blog dos Poetas

Envelhecer

de

Entra pela velhice com cuidado,
Pé ante pé, sem provocar rumores
Que despertem lembranças do passado,
Sonhos de glória, ilusões de amores.

Do que tiveres no pomar plantado,
Apanha os frutos e recolhe as flores
Mas lavra ainda e planta o teu eirado
Que outros virão colher quando te fores.

Não te seja a velhice enfermidade!
Alimenta no espírito a saúde!
Luta contra as tibiezas da vontade!

Que a neve caia! o teu ardor não mude!
Mantém-te jovem, pouco importa a idade!
Tem cada idade a sua juventude.

postado por em 24-10-2007
Compartilhar

5 Comentários para “Envelhecer”


  1. felipa disse:

    Esse poeta é minha alma gémea! É que eu, depois que fiz quarenta anos, me sinto cada vez mais jovem e cheia de projectos!
    Sinto-me calma e em paz, sinto que Deus está a dar-me a oportunidade de ser feliz. Descobri que a felicidade não é um estado permanente de vida mas um conjunto de bons momentos que nos fazem andar em permanente tranquilidade, mesmo que a vida nos contrarie. Sou uma mulher madura e feliz, sem me importar com rugas ou outros caprichos desses. Cada marca em minha cara me diz que eu vivi. E é bom viver e ter vivido muito, pois a idade conduz à sabedoria…


  2. maria celeste pires disse:

    Tive acesso a este poema, pela 1ª vez, em Março de 1976. Hoje, Outubro de 2010, acho o poema o mais actual possível, pois, como diz o poeta “Tem cada idade a sua juventude”


  3. LIANE GOMES disse:

    Sou Fisioterapeuta, tenho 15 anos de formada e recebi esse poema do meu primeiro paciente já falecido (na época tinha 90 anos). Ele era uma enciclopédia viva, era aviador, tinha servido ao Correio Aéreo Nacional na época da Guerra e me disse que esse poema era a um de seus incentivos para continuar vivendo. Sempre me emociono muito ao lê-lo.


  4. marlibachiao disse:

    Esse poema o conheci através de um cliente, quando fui comerciante, em 1999, esse Senhor tinha na época 75 anos, dizia que era o poema mais lindo que aprendera. Ele fora militar da Academia da Força Aérea e era cearense, virou grande amigo meu, mas infelizmente já se foi.
    Fiquei encantada com a poesia e a decorei.


  5. claudio nicolae disse:

    A pouco mais de 5 anos procurei o autor da poesia que quando tinha nove anos copiei para um concurso da minha escola ganhando com ele o primeiro lugar. Não consegui absolutamente nada, tendo entrado em contato com algumas páginas sobre poesias que nem sequer se deram ao tgrabalho de me responder. Alguns anos depois para a minha surpresa encontrei varias páginas cheias de matérias do Bastos Tigre. Não afirmo, mas acho que desenterrei esse maravilhoso poeta.

Deixe Seu Comentário