Blog dos Poetas

Don Juan

de

Ser de eleição em cujo olhar a natureza
Acendeu a fagulha altiva que fascina,
Tu trazias aquela aspiração divina
De realizar na vida a perfeita beleza.

Creste achá-la no amor, na indizível surpresa
Da posse – o sonho mau que desvaira e ilumina.
Vencido, escarneceste a virtude mofina…
Tua moral não foi a da massa burguesa.

Morreste incontentado, e cada seduzida
Foi um ludíbrio à tua essência. Em tais amores
Não encontraste nunca o sentido da vida.

Tua alma era do céu e perdeu-se no inferno…
Para os poetas e para os graves pensadores
Da imortal ânsia humana és o símbolo eterno.

postado por em 22-08-2010
Compartilhar

3 Comentários para “Don Juan”


  1. EDILOY A C FERRARO disse:

    …embora encantador como sempre, prefiro ler Manuel Bandeira desatrelado , a lembrar outros autores, preferencialmente em versos livres, onde sua alma sensível alça voos sem cumprir rigores estéticos…


  2. carlos disse:

    amei seus poemas são lindos tambem sou escritor escrevo meus poemas
    no meu blog vou te deixar o link caso vc queira dar uma olhadinha.
    http://www.carlospoemasefrases.co.cc
    caso goste de algum deixa o comentario.


  3. Gabi Oliveira disse:

    Sou mtoo sua fãa , tbm escrevoo , e amoo seos pooemas , tbm tenhoo bloog , se puder dar uma olhada , http://gabioliveira32.blogspot.com/
    se goostar , deishe comentário 🙂
    mto obrigadooo

Deixe Seu Comentário