Blog dos Poetas

Desejo

de

Ah! que eu não morra sem provar, ao menos
Sequer por um instante, nesta vida
Amor igual ao meu!
Dá, Senhor Deus, que eu sobre a terra encontre
Um anjo, uma mulher, uma obra tua,
Que sinta o meu sentir;
Uma alma que me entenda, irmã da minha,
Que escute o meu silêncio, que me siga
Dos ares na amplidão!
Que em laço estreito unidas, juntas, presas,
Deixando a terra e o lodo, aos céus remontem
Num êxtase de amor!

postado por em 20-01-2004
Compartilhar

2 Comentários para “Desejo”


  1. Alexandre disse:

    perfeito…desejo de todo apaixonado


  2. ALDA MONTEIRO TOLEDO disse:

    ONDE PODERIA ACHAR UM HOMEM QUE TEM POR CERTEZA O AMOR MAIS SUBLIME E FIEL DE SE SENTIR?
    .ELE AMOU PLENAMENTE E TALVEZ SEM SER CORRESPONDIDO A MEDIDA. POR ISSO TENHA ESCRITO ESSE POEMA TAÕ LINDO DE LER E SENTIR E QUEM SABE VIVENCIÁ-LO .

Deixe Seu Comentário