Blog dos Poetas

Cristais

de

Mais claro e fino do que as finas pratas
o som da tua voz deliciava…
Na dolência velada das sonatas
como um perfume a tudo perfumava.

Era um som feito luz, eram volatas
em lânguida espiral que iluminava,
brancas sonoridades de cascatas…
Tanta harmonia melancolizava.

Filtros sutis de melodias, de ondas
de cantos volutuosos como rondas
de silfos leves, sensuais, lascivos…

Como que anseios invisíveis, mudos,
da brancura das sedas e veludos,
das virgindades, dos pudores vivos.

postado por em 12-05-2008
Compartilhar

6 Comentários para “Cristais”


  1. JACQUELINE BALBINO ´PEIXOTO disse:

    Achei muito bonoito espero fazer poesias q nem vc um dia tambem faço poesias mais agora ningueM SABE.


  2. fernanda disse:

    Olá, venho buscando blogs de poesias, encontrei o seu e adorei…

    espero que continue assim.

    aguardo sua visita no meu blog.

    ele é recente mas estou estudando para melhora-lo.

    até mais!


  3. Ediloy Antonio Carlos Ferraro disse:

    …que enlevo empresta o poeta à narrativa, que parece flanar, deslizar, seu canto, no encanto que enradia tua branda e cálida poesia…


  4. jacqueline disse:

    adorei as suas poesias ,gostaria que escreve-se mais poesias para mim.
    abraços beijos e thal


  5. Paula disse:

    Cruz e Sousa “tanta harmonia melancolizava”.Me admira a forma sutil como ele escreve.


  6. fabricio alves disse:

    QUE POETA GRANDIOSO! QUE GENIO! UM DOS 3 MAIORES POETAS DE TODO O SIMBOLISMO MUNDIAL, CITADO ISSO, ATÉ PELO FRANCÊS ROGER BASTIDE. UM FANTÁSTICO NOME DA LITERATURA, NÃO VALORIZADO POR MUITOS BRASILEIROS. UM NOME CITADO POR MUITOS, COMO SUPERIOR ATE MESMO A VERLAINE E A RIMBAUD. POETA FANTÁSTICO! POEMA MARAVILHOSO!

Deixe Seu Comentário