Blog dos Poetas

As Sem-Razões do Amor

de

Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor

postado por em 20-02-2006
Compartilhar

25 Comentários para “As Sem-Razões do Amor”


  1. Sonia Rodrigues disse:

    Lindo!!!
    O amor é isso, uma eterna busca, prazer, alegria, tristeza, abrir mão…total entrega.


  2. Catherine disse:

    Boa Tarde !
    Através de uma amiga eu aprendi gostar de poesias.
    Muitas eu não consigo compreender.
    Desta eu amei,
    Parabéns pela postagem.
    Voltarei mais vezes.

    Catherine


  3. Herbertes N. da Silva. disse:

    boa tarde !!!

    o q seria dos homens sem o amor
    e o q seria da humanidade sem a poesia

    ….uma boa semana para todos


  4. Ana Beatriz Guedes disse:

    Amei esse poema…
    Achei muito interesante para os casais apaixonados,e também para refletir um pouco sobre as coisas do amor…


  5. Jean D. Machado disse:

    nesse poema eu aprendi o q é o amor pq amor a gente ñ pode comprar ou vender.Ou a gente doa ou morreremos sem saber o q é amar de verdade.Eu sei q um dia eu serei amando ñ vai precisar q me amem com a mesma intensidade.Pq eu só quero saber pelo menos como é ser amado pra q um dia se alguém me perguntar se eu amei , eu possa dizer q sim. Obrigado!


  6. junior disse:

    em que ano carlos drummond de andrade lançou o poema “As sem-razões do amor?


  7. William_Riachuelo disse:

    Amor é gostar de uma pessoa mesmo sem ser respondido é respeitar dar carinho, amor não vende se conquista a cada dia que passa.


  8. Nathália disse:

    Olá!!!
    Po, essa poesia é mt linda, e eu escrevi-la para meu namorado q naum gostava nem se interessava por poesias (e eu sempre fui amante delas!!!) aí ele achou a poesia perfeita e hj adora!!! Po, eu keria aproveitar pra recomendar a poesia de Vinicius de Moraes: Eu sei e você sabe, q tbm é td!!!


  9. jéssica disse:

    eu adorei esse poema


  10. marina disse:

    lindo! amor é isso.
    nao tem motivo, não é recompensa, sem explicação.
    lindo, lindo, lindo.


  11. Rafa disse:

    O que dizer… O amor nos mata, a cada instante, e nos faz reviver… Porque o amor é a própria vida, e não sabemos porque amamos. Simplesmente amamos.


  12. Cid Alexandre disse:

    Belíssima poesia…

    Destarte, do que seria o amor sem a razão? Sofrimento, eis como entendo…

    Amor é bom. Amor fundado, melhor.

    Não ame de graça. E não cobre pelo seu amor. Apenas ame não somente com o coração, mas também com a cabeça…

    Na relação amor & razão, sofrimento não acha guarida. Sofrimento desaparece e leva consigo marcas e arrependimentos.

    Sem mais delongas… apenas amem. E pensem.

    Abraço a todos.


  13. ly disse:

    Essa é uma poesia linda, que retrata bem oque o autor carlos drummnt passava nesse momento; seus sentimentos, suas decepções e esperanças.
    resmindo poema lindo escrito por um mestre da literatura brasileira um orgulho a ser contemplado mais e mais a cada dia.


  14. Talitta Yasmin disse:

    Eu sou uma grande fã das poesias de Carlos Drummond De Andrade mais essa em especial me facina e eu considero a minha preferida!.
    Beijooos!.


  15. marta disse:

    adoooooooooorrrooooooooooo


  16. Ravi Ramier disse:

    a máxima da obra escrita em português dos nossos tempos, as sem razões do amor, todos os poetas e conflitantes, procuram escrever e descrever o amar, simplesmente delimitado na forma de existir por sem motivo, a pureza, a vontade, força com que as palavras vestem o que esta sendo dito, simples e discreto; humano retratando que amar demais é se deixar por menos, demonstrando que tal sentimento puro é desvairado no repudio.
    A poesia mais bela já escrita, ai esta, Drumond.


  17. jar.io disse:

    O vírus do Amor…

    Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
    ……


  18. Fefa disse:

    eU QUERIA SABER SE O AMOR EXISTE?? E QUAIS SAO AS SUA RAZOES..


  19. Pamela disse:

    Lindoo!!
    é a mais pura verdade,amor naum é amar e pedir algo em troca.Amor é amar de graça amar apenas..por AMOR!!!

    o amor é o melhor e mais lindo sentimento que se pode existir!!
    amei!


  20. tatiane disse:

    eu amei este poema ele e muito lindo!!!!!!!!


  21. tatiane disse:

    quando o amor e verdadeiro,o esquecimento e impossivel


  22. jurema disse:

    achei supimpa! Serelepe e pimpão
    mas, prefiro as obras de Shakespeare.
    Acho que ele consegue passar muito mais sentimento, do que qualquer autor no mundo ja conseguiu.


  23. Marcos disse:

    Edson,

    Vi no blog o poema de Drummond: As sem-razões do amor. Saberia você me informar o ano em que este poema foi publicado pela primera vez? Obrigado. Fico no aguardo.

    Abraços.


  24. cintia rodrigues disse:

    adorei este poema


  25. ana flavia disse:

    que época foi esse poema

Deixe Seu Comentário