Blog dos Poetas

Ah, Mundo…

de

Perdão!
Eu distraí-me ao receber a Extrema-Unção.
Enquanto a voz do padre zumbia como um besouro
eu pensava era nos meus primeiros sapatos
que continuavam andando
que continuam andando
– rotos e felizes! –
por essas estradas do mundo.

postado por em 22-02-2008
Compartilhar

Deixe Seu Comentário