Blog dos Poetas

Águia Ferida

de

Meu Ideal, és uma águia, dessas grandes
águias que se aventuram céus além…
E, tanto as asas, dia a dia, expandes,
que elas te envolvem, te alçam, te sustêm!

Não te assombram os Alpes, nem os Andes,
nem o Profundo, nem o Imenso, nem
céu, nem oceano: que, ante quem te abrandes,
e a quem te curves, só existe Alguém…

Após tantas impávidas subidas,
doem-te as asas… trazes-las despidas
de plumas… asas que não mais voarão…

Voltas, desces… E há um mal que te denigre…
Águia! quem te feriu? o leão?! o tigre!?
— Coisa pior: foi a Desilusão…

postado por em 11-04-2016
Compartilhar