Blog dos Poetas

A Velhice

de

Olha estas velhas árvores, mais belas
Do que as árvores moças, mais amigas,
Tanto mais belas quanto mais antigas,
Vencedoras da idade e das procelas…

O homem, a fera e o inseto, à sombra delas
Vivem, livres da fome e de fadigas:
E em seus galhos abrigam-se as cantigas
E os amores das aves tagarelas.

Não choremos, amigo, a mocidade!
Envelheçamos rindo. Envelheçamos
Como as árvores fortes envelhecem,

Na glória de alegria e da bondade,
Agasalhando os pássaros nos ramos,
Dando sombra e consolo aos que padecem!

postado por em 18-10-2004
Compartilhar

2 Comentários para “A Velhice”


  1. Marlu Romero Cestari disse:

    gente que maravilha ler poemas tão lindos,fico muito agradecida viu? mas preciso de ajuda para encontrar um poema, que assim Rolando Boldrin disse que era de autoria de Zé da Luz, fala sobre os 80 anos, passou no programa do dia 03/04/2010. Esse poema é lindo demais e no dia em que ouvi o Boldrin recitá-lo,vivê-lo literalmente eu vi meu pai aos 83 anos, e gostaria de presentea-lo com aquelas palavras tão sábias e emtivas. Agradecida.


  2. Ederson Peka disse:

    Marlu, tem um do Giusepe Chiaroni que o Rolando Boldrin recitou, dá uma olhada e vê se não é esse:

    http://www2.tvcultura.com.br/srbrasil/poemas.asp?cod=26

Deixe Seu Comentário