Blog dos Poetas

A Felicidade

de

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranquila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor

A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei ou de pirata ou jardineira
Pra tudo se acabar na quarta feira

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar

A minha felicidade está sonhando
Nos olhos da minha namorada
É como esta noite
Passando, passando
Em busca da madrugada
Falem baixo, por favor
Prá que ela acorde alegre como o dia
Oferecendo beijos de amor

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

postado por em 24-08-2006
Compartilhar

4 Comentários para “A Felicidade”


  1. GIOVANA disse:

    gostei muito desse site de poemas por que é o unico que eu achei um pouco melhor
    🙂


  2. Sérvulo Barros Bezerra disse:

    Este site de poema, assim como o ovo, fica no centro a gema, é tão interessante, que me dedico bastante, na leitura dessas obras, encarnando cada cena.


  3. Simone Dall' Agnol disse:

    Tom Jobim é incrível,
    Incrível o modo como ele chega em nosso pensamento.
    Tão humilde,
    Tão simplis,
    Mas tão profundo.
    Tão humano,
    Tão oculto,
    Um verdadeiro remédio para nossa ipocresia!
    Uma vitamina para nossa sabedoria,
    Um veneno que nos vicía na poesia.
    Tom Jobim é incrível,
    Incrível é Tom Jobim.


  4. Antonio Cícero da Silva(Águia) disse:

    A felicidade é riqueza inigualável… Ótimo…

Deixe Seu Comentário