Blog dos Poetas

A Carolina

de

Querida, ao pé do leito derradeiro
Em que descansas dessa longa vida,
Aqui venho e virei, pobre querida,
Trazer-te o coração do companheiro.

Pulsa-lhe aquele afeto verdadeiro
Que, a despeito de toda a humana lida,
Fez a nossa existência apetecida
E num recanto pôs um mundo inteiro.

Trago-te flores, — restos arrancados
Da terra que nos viu passar unidos
E ora mortos nos deixa e separados.

Que eu, se tenho nos olhos malferidos
Pensamentos de vida formulados,
São pensamentos idos e vividos.

postado por em 13-03-2011
Compartilhar

6 Comentários para “A Carolina”


  1. Lena disse:

    Eu adoro esse blog, sigo sempre. parabéns pelo trabalho simples porém delicado!


  2. EDILOY A C FERRARO disse:

    Além de ser um dos mais célebres romancistas universal, Machado de Assis, também verseja com maestria, trazendo, nestes versos belos e melancólicos, de intransponível melancolia e saudades…


  3. Walifer disse:

    Nossa Muito Lindo!


  4. isabella disse:

    eu adorei
    bjjus


  5. Maria AparecidaBecker sander disse:

    É um blog excelente. Adoro Machado e Augusto dos Anjos.


  6. LARISSA disse:

    EU ADOREI ESSA MENSAGEM.BEIJOS.

Deixe Seu Comentário