Blog dos Poetas

Pássaro e Mulher

de

Quem me prende
mais do que a terra?
Impossível o vôo
agora.
Quente fremente
a intenção de alguém.
Desfez-se a palidez
perdi meu vôo
nas grades de seu peito.
Aprísiona-me – grilhão –
o seio suave e
no calor do instante
a união.

postado por em 10-06-2010
Compartilhar